V Concurso de Fotografia da NOVA – Premiados

Os premiados no V Concurso de Fotografia da NOVA, sob o tema “Espaços”, foram divulgados na inauguração da Exposição com uma selecção dos trabalhos apresentados a concurso, que decorreu no dia 30 de Maio, no Edifício da Reitoria da NOVA.

No decorrer desta cerimónia foi apresentado o livro “NOVA Fotografia 2009_2013”, que representa o melhor dos 5 anos de Concurso de Fotografia da NOVA.

A exposição está aberta ao público até ao dia 14 de Junho (dias úteis das 9h às 19h).

Dos premiados constam três alunas da FCSH/NOVA, com um segundo lugar e duas menções honrosas, respectivamente Teresa Jorge Ferreira, aluna de doutoramento em Estudos Portugueses, com a fotografia “Palha”; Beatriz Burnay de Mendonça, aluna de licenciatura em Ciência Politica e Relações Internacionais, com a fotografia “Limiar dos sonhos”; e Maria Pombeiro Salgado, aluna de licenciatura em História da Arte, com a fotografia “Home”.

Parabéns às premiadas!

Conheça as fotografias vencedoras:

1º prémio (650€)

Francisco Simões Valente (Nova SBE) | “Barreiras aparentes”

2º prémio (400€)

Teresa Jorge Ferreira (FCSH) | “Palha”

3º prémio (200€)

Maria Beatriz Teixeira (FCT) | “O repouso do guerreiro”

Menções Honrosas da FCSH (100€)

Beatriz Burnay de Mendonça (FCSH) “Limiar dos sonhos”

Maria Pombeiro Salgado (FCSH) | “Home”

 

Teresa Jorge Ferreira (FCSH) | "Palha"

Beatriz Burnay de Mendonça (FCSH) "Limiar dos sonhos"

Maria Pombeiro Salgado (FCSH) | "Home", representada pelo pai

Sobre FCSH/ NOVA

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH/NOVA) é uma unidade orgânica da Universidade NOVA de Lisboa e uma pessoa colectiva de direito público, cuja missão de serviço público é a de qualificar, ao mais alto nível, os cidadãos. A identidade própria da Faculdade resulta da coexistência das Ciências Sociais com as Ciências Humanas, permitindo uma interdisciplinaridade pouco comum no ensino universitário português.
Esta entrada foi publicada em FCSH, Geral, Iniciativas dos alunos, Prémio, Universidade Nova de Lisboa. ligação permanente.

Os comentários estão fechados